• 11 de junho de 2019, 10:01
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir Contéudo

Santander anuncia fechamento de agências com preservação de empregos

 
Sindicato vai acompanhar transição com realocação de bancários e cobrar promessas de respeitar escolhas dos colegas sobre novos locais de trabalho
 
 
Depois de tentar impor jornada irregular de trabalho aos sábados, a pretexto de educação financeira voluntária, o Santander deu mostras de que está aprendendo com os seus erros graves. Nem tudo, é certo. A superintendente de Relações Sindicais, Fabiana Ribeiro, anunciou na semana passada que o banco irá fechar três agências em Porto Alegre, abrirá duas novas e que não haverá demissões. Essas promessas estão sendo acompanhadas pelo Sindicato, com a ajuda dos relatos dos colegas do Santander, e serão cobradas.
 
Dentro da estratégia de reposicionamento comercial do banco, conforme mencionado para dirigente do Sindicato, está no radar o fechamento das agências Centro Histórico, Borges de Medeiros e o Posto de Atendimento 79. A primeira agência fechada vai migrar para a agência Centenária; a da Borges, para a Praça XV. Já o Posto de Atendimento 79 tem decisão de migrar para a agência Praça da Alfândega. Em contrapartida, em sua estratégia comercial, o banco deve abrir novas agências em dois shoppings center: uma no Praia de Belas e outra no Shopping Lindoia.
 
O diretor do SindBancários e funcionário do Santander, Luiz Cassemiro, conta que conversou com a Superintendência e obteve compromisso de manutenção dos empregos. "Segundo o banco, não haverá demissões e todos os funcionários serão realocados. O banco aprovou uma verba para reformar as três agências (Praça da Alfândega, Praça XV e Centenária) que receberão as realocações e as migrações. O que pedimos aos colegas é que, neste período de mudanças, fiquem atentos e informem os dirigentes sobre o cumprimento dessas promessas para que possamos acompanhar e cobrar”, adverte Cassemiro.

Transição com obras

Segundo o informe do banco, as obras não acontecerão enquanto os funcionários estiverem trabalhando nas agências. Primeiro, o banco fará uma adaptação nas três agências que irão fechar para receber os colegas destas agências. Após as reformas ficarem prontas, todos passarão a trabalhar nesses locais até que as duas novas agências (Lindoia e Praia de Belas) fiquem prontas.
 
"É importante que fique claro para os colegas que todos nós do Sindicato estamos preocupados com o fechamento de agências. Mas temos a garantia de que absolutamente ninguém será demitido. Todos serão realocados. Inclusive, a superintendência deixou claro que o banco irá respeitar a escolha de cada um desses colegas. O funcionário vai poder escolher para onde quer ir”, acrescenta Cassemiro.
 
Fonte: Imprensa SindBancários

 


Bookmark and Share
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região ::

©2012 Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região

Todos os direitos reservados

Avenida Maurício Cardoso, 335, Sala 202
CEP 99700-426 - Erechim - RS
Fonex/Fax: (54) 3321 2788
seeb@bancarioserechim.org.br

Municípios da Base: Erechim, Aratiba, Áurea, Barão do Cotegipe, Barra do Rio Azul, Barracão, Benjamim Constant do Sul, Cacique Doble, Campinas do Sul, Carlos Gomes, Centenário, Cruzaltense, Entre Rios do Sul, Erebango, Erval Grande, Estação, Floriano Peixoto, Gaurama, Getúlio Vargas, Ipiranga do Sul, Itatiba do Sul, Jacutinga, Machadinho, Maximiliano de Almeida, Marcelino Ramos, Mariano Moro, Paim Filho, Paulo Bento, Ponte Preta, Quatro Irmãos, São José do Ouro, São João da Urtiga, São Valentim, Severiano de Almeida, Três Arroios, Viadutos, todos no Estado do Rio Grande do Sul.

 Superativa | Orby