• 03 de abril de 2018, 10:43
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir Contéudo

Eleições Previ - Contec e Feeb-Pr apoiam a Chapa 4 AUTONOMIA E INOVAÇÃO

PARA AMBOS OS PLANOS

  1. Continuar aperfeiçoando os canais de comunicação e atendimento da Previ com inovações tecnológicas e adotando a transparência e o respeito como pilares fundamentais na relação com o associado. 

  2. Priorizar os interesses dos associados, em conjunto com as suas entidades representativas, na defesa da Previ contra interferências políticas, de governo e da pressão de grupos com interesses contrários aos dos associados. 

  3. Otimizar ainda mais as despesas administrativas, de forma a diminuir as Taxas de Carregamento e de Administração dos planos. 

  4. Aprimorar os critérios, prazos e limites para concessão e renovação de empréstimos simples e os critérios de amortização, permitindo inclusive o pagamento progressivo de parcelas. 

  5. Continuar fortalecendo sistemas e processos de auditoria nos contratos, nos investimentos e na gestão da Previ buscando maior transparência e solidez aos Planos de Previdência. 

  6. Fortalecer a cobrança junto ao patrocinador dos valores para recompor a reserva matemática dos benefícios oriundos de demandas trabalhistas do próprio Banco do Brasil. 

  7. Lutar para restabelecer a utilização do FGTS para amortização e quitação relativas ao empréstimo imobiliário. 

  8. Lutar pela criação de espaço no site para publicação das atas com os votos dos dirigentes a exemplo do que é feito nas empresas do Novo Mercado. 

  9. Continuar atuando assertivamente para impedir investimentos em projetos duvidosos ou tecnicamente inviáveis. 

  10. Defender a criação de assessoria financeira de modo para orientar os associados na melhorias de sua organização econômica, bem como na solução de dívidas. 

  11. Defender o segundo turno nas eleições da Previ, bem como a eleição para o conselho fiscal em votação isolada, para garantir a independência dos conselheiros. 

  12. Lutar pela aprovação de projeto no senado Federal, que altera artigos da Resolução CGPC 26/2008, que permitiu ao banco apossar-se de R$ 7,5 bilhões. 

  13. Defender a não aprovação do PLP 268, que acaba com direitos dos associados e terceiriza a gestão. 

  14. Continuar lutando pela mudança de estatuto, restabelecendo direitos dos associados, como o fim do voto minerva, volta da consulta ao corpo social e garantindo que a governança tenha dirigentes tanto do Plano 1 quanto do Plano Previ Futuro. 

  15. Defender funções adicionais aos conselhos consultivos de planos de forma a valorizar sua participação na governança.

 

PARA O PLANO 1

  1. Defender o ressarcimento, pelo BB, das despesas pelo pagamento do BET aos colegas pré-67, de responsabilidade do patrocinador conforme acordo de 1997. 

  2. Por ser um plano maduro, defenderemos investimentos em ativos com maior liquidez, rentabilidade e menor risco, aumentando a segurança do plano. 

  3. Defender parcela Previ mais justa para os associados de forma a não haver perda dos benefícios. 

  4. Defender valores de pensão mais justos, aumentando o benefício total. 

  5. Continuar lutando pela aprovação e implantação do teto para cálculo dos benefícios dos estatuários, NRF Especial (salário de auditor/contador), aprovado em 2008.

 

PARA O PREVI FUTURO

  1. Ampliar a autonomia dos associados na gestão de seu saldo de reserva, reduzindo o prazo de carência para migração entre perfis de investimento. 

  2. Inovar na gestão de investimentos buscando a maior rentabilidade possível com exposição controlada a riscos,  considerando o ciclo de vida do associado, visando incrementar os valores dos benefícios. 

  3. Continuar na busca de maior transparência nas decisões de investimento, seus respectivos retornos/riscos, bem como na divulgação das carteiras de maneira a ficar clara a comparação com os fundos de previdência e benchmark para cada tipo de investimento realizado. 

  4. Lutar pela implantação de contribuições sobre a PLR com contrapartida do BB. 

  5. Lutar para inovar nos critérios de pontuação da contribuição 2B para permitir maior participação de todos com contrapartida do Banco. 

  6. Continuar atuando para implantar o resgate das contribuições patronais quando do desligamento do plano, proposta já aprovada na Previ e aguardando aprovação pelo órgão regulador. 

  7. Lutar para facilitar o reingresso, facultando ao interessado o recolhimento das contribuições pessoais relativas ao período em que permaneceram suspensas. 

  8. Lutar para mudar a norma junto à Receita Federal para que a opção pela tabela regressiva x progressiva não seja na adesão ao plano e sim perto da aposentadoria. 

  9. Lutar para que haja opções de amortização do empréstimo imobiliário.

 


GALERIA DE FOTOS

Eleições Previ - Contec e Feeb-Pr apoiam a Chapa 4 AUTONOMIA E INOVAÇÃO - Galeria de Imagens

 


Bookmark and Share
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região ::

©2012 Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região

Todos os direitos reservados

Avenida Maurício Cardoso, 335, Sala 202
CEP 99700-426 - Erechim - RS
Fonex/Fax: (54) 3321 2788
seeb@bancarioserechim.org.br

Municípios da Base: Erechim, Aratiba, Áurea, Barão do Cotegipe, Barra do Rio Azul, Barracão, Benjamim Constant do Sul, Cacique Doble, Campinas do Sul, Carlos Gomes, Centenário, Cruzaltense, Entre Rios do Sul, Erebango, Erval Grande, Estação, Floriano Peixoto, Gaurama, Getúlio Vargas, Ipiranga do Sul, Itatiba do Sul, Jacutinga, Machadinho, Maximiliano de Almeida, Marcelino Ramos, Mariano Moro, Paim Filho, Paulo Bento, Ponte Preta, Quatro Irmãos, São José do Ouro, São João da Urtiga, São Valentim, Severiano de Almeida, Três Arroios, Viadutos, todos no Estado do Rio Grande do Sul.

 Superativa | Orby