• 11 de abril de 2019, 09:59
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir Contéudo

Caixa: Mesa permanente será na sexta (12)

 
Manobra no balanço, defesa do banco 100% público e dos trabalhadores, transparência na gestão do Saúde Caixa e contratações de empregados estarão em pauta
 
 
A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realiza, nesta sexta-feira (12), em Brasília, a mesa de negociação permanente com a Caixa Econômica Federal. Entre as principais reivindicações dos trabalhadores, estão as explicações sobre o resultado do balanço de 2018; a posição da Caixa sobre a retirada da representação do banco no Conselho Curador do FGTS; mais transparência no Saúde Caixa; contratação de mais empregados e apresentação do modelo de implementação de intervalo de 30 minutos para descanso na jornada de 6 horas – neste caso os representantes dos trabalhadores reiteram a reivindicação dos empregados de que seja optativo (quando não houver hora extra) fazer 15 ou 30 minutos de intervalos.
"É importante lembrar que esta extensão do intervalo é uma conquista importante para os trabalhadores, visto que em muitas agências da Caixa, os empregados não têm conseguido parar nem 15 minutos e que não garantiam o repouso”, disse o coordenador da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa, Dionísio Reis. Para ele, trata-se de uma conquista importante para a saúde dos trabalhadores o acréscimo de mais 15 minutos. "O ideal seria que a Caixa tornasse este intervalo estendido como uma opção, nas unidades onde os trabalhadores têm outras condições de trabalho e que podem optar pela manutenção dos 15 minutos”, defendeu o dirigente sindical.
 
Para a dirigente e representante da Contraf-CUT na mesa de negociações com a Caixa, Fabiana Proscholdt, a mesa permanente de negociação com a Caixa é de extrema importância neste momento, principalmente no atual cenário político em que se encontra o país. "Com todo o cenário de ataque e fragilização da Caixa e dos empregados da instituição, é importante reforçarmos a mesa permanente de negociação. Queremos avançar nos debates internos para promover um ambiente com boas condições de trabalho. Temos muitas pautas pendentes e outras a serem debatidas”, ressaltou.

Contratação

Ainda segundo Dionísio, a CEE/Caixa voltará a reivindicar a contratação de mais empregados e cobrar posicionamento da empresa sobre o fechamento de agências. "A exigência pela imediata contratação de empregados é uma forma de combater a sobrecarga e o recorrente adoecimento dos trabalhadores. Atualmente, muitos estão trabalhando sem descanso e sem fazer refeição nas agências pelo país afora”, destacou o dirigente.

Sem explicações

Também na mesa de negociação permanente desta sexta-feira, a CEE/Caixa cobrará o posicionamento do banco sobre o motivo da retirada da representação da Caixa no Conselho Curador do FGTS.
 
Os representantes dos trabalhadores também vão cobrar esclarecimentos sobre o prejuízo registrado quarto trimestre de 2018 e os impactos no que estava projetado no balanço e no reconhecimento dos trabalhadores.
 
A CEE/Caixa cobra mais transparência nas informações e reitera o ofício de nº 01618, entregue à Caixa em 19/03/2018, requerendo que a instituição cumpra: a apresentação de relatório atuarial e balancetes mensais do exercício de 2017; a identificação do valor total do superávit e respectiva discussão da destinação do mesmo; a aplicação correta da regra de remuneração, pela taxa Selic, sobre os valores do Fundo de Reserva de Contingência; a apresentação dos relatórios financeiros mensais e anuais para possibilitar a efetiva atuação do Conselho de Usuários do Saúde Caixa; a apresentação dos resultados da pesquisa anual de atendimento e satisfação dos usuários do plano, e, por fim, a implementação de um canal oficial e centralizado de comunicação com os conselheiros representantes dos empregados.
 
Fonte: Contraf-CUT

 


Bookmark and Share
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região ::

©2012 Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região

Todos os direitos reservados

Avenida Maurício Cardoso, 335, Sala 202
CEP 99700-426 - Erechim - RS
Fonex/Fax: (54) 3321 2788
seeb@bancarioserechim.org.br

Municípios da Base: Erechim, Aratiba, Áurea, Barão do Cotegipe, Barra do Rio Azul, Barracão, Benjamim Constant do Sul, Cacique Doble, Campinas do Sul, Carlos Gomes, Centenário, Cruzaltense, Entre Rios do Sul, Erebango, Erval Grande, Estação, Floriano Peixoto, Gaurama, Getúlio Vargas, Ipiranga do Sul, Itatiba do Sul, Jacutinga, Machadinho, Maximiliano de Almeida, Marcelino Ramos, Mariano Moro, Paim Filho, Paulo Bento, Ponte Preta, Quatro Irmãos, São José do Ouro, São João da Urtiga, São Valentim, Severiano de Almeida, Três Arroios, Viadutos, todos no Estado do Rio Grande do Sul.

 Superativa | Orby