• 12 de janeiro de 2018, 11:10
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir Contéudo

Banco do Brasil tem a segunda reestruturação de quadro em dois anos

 
O anúncio do programa que mexe com movimentações definidas na reestruturação do ano passado, deixou os funcionários perplexos
 
 
O Banco do Brasil reestrutura, novamente, o seu quadro funcional, lançando o PAQ (Programa de Adequação de Quadros). O anúncio foi feito na sexta-feira (5), na mesma semana em que o banco divulgou oPDG (Programa Extraordinário de Desempenho Gratificado).

De acordo com diretora da Fetrafi-Rs, Cristiana Garbinatto, o anúncio do PAQ deixou os funcionários perplexos e inseguros. "Desde sexta-feira recebo questionamentos sobre o que acontecerá com os colegas que ficarem excedentes nas dependências”, comenta. A diretora menciona que o BB mexeu em dotações. Em todo o país, agências algumas agência tiveram o número de vagas reduzido e outras ampliado. "No Rio Grande do Sul são 85 postos a menos”, informa.

 

Cristiana diz ainda que oPAQ desfaz algumas movimentações definidas na reestruturação do ano passado e reduz o número de caixas em todo o país. "Somente em Porto Alegre, a redução é de 16 postos. Reduziu um quadro já enxuto, pela segunda vez em dois anos”, afirma.

A diretora esclarece três questões importantes sobre o PAQ. A primeira, diz respeito à remuneração maior, durante um ano, para os funcionários transferidos para agências com dificuldade de vagas. Essa medida decorre do banco estar sem concurso válido há quase dois anos.

O segundo ponto, está relacionado ao PDV (Plano de Demissão Voluntária), onde os funcionários que estiverem em excesso poderão aderir. "Nesta situação, ao aderir ao PAQ, o funcionário recebe um incentivo remuneratório baixo e o BB se compromete a pagar o plano de saúde Cassi Família pelo período de um ano.”

A terceira questão trata de aposentadoria, com um incentivo financeiro àqueles que estiverem nos pré-requisitos e optarem por se aposentar.

A orientação, de acordo com Cristiana, é que os funcionários não aceitem pressão e que busquem seus direitos. "A CLT é clara. Não existe adesão compulsória ao Programa. Poderá aderir quem quiser”, ressalta, criticando a forma como as novas medidas foram divulgadas e os erros de gestão.

 

Cortes de vagas em todo o país

Em todo o país, segundo o coordenador da Comissão de Empresa de Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), Wagner Nascimento, houve o corte de cerca de mil vagas de caixa em todo o país. Segundo ele, o banco alega que essas vagas apareceriam em escritórios e agências digitais. "Na prática, os escritórios digitais perderam funções de assistentes e ganharam de escriturários, que farão os mesmos serviços, mas ganhando menos. Isso é desvio de função! É ilegal. Ou seja, o banco corta cargos, reduz salários, cria desvio de função nos escritórios digitais e ainda diz que isso não é reestruturação”, completou. Nascimento critica a falta de transparência e de diálogo e lembra que na quinta-feira (4) houve uma reunião com a direção do banco e que nada foi dito sobre as mudanças que foram anunciadas na sexta-feira.

 

 

Minha vaga foi extinta e não quero aderir ao PAQ, e agora?

O BB encerrou atividades na sua cidade?

Neste caso, poderá ocorrer a transferência compulsória, caso o funcionário não faça a escolha pela agência de sua preferência dentre as que possuem vaga.

O BB não encerrou as atividades?

Se há vaga na mesma cidade, poderá ocorrer a transferência compulsória. Se não houver vaga, o funcionário permanece na agência, em excesso, como escriturário.

O funcionário poderá escolher o local da transferência?

Sim, desde que seja em uma cidade onde o BB oferece vagas. Caso, contrário o BB define a localidade.

 


Bookmark and Share

NOTÍCIAS RELACIONADAS

CAIXA DEVE LANÇAR NOVO PDV EM NOVEMBRO

CAIXA DEVE LANÇAR NOVO PDV EM NOVEMBRO

19 de setembro de 2018, 10:53
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região ::

©2012 Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Erechim e Região

Todos os direitos reservados

Avenida Maurício Cardoso, 335, Sala 202
CEP 99700-426 - Erechim - RS
Fonex/Fax: (54) 3321 2788
seeb@bancarioserechim.org.br

Municípios da Base: Erechim, Aratiba, Áurea, Barão do Cotegipe, Barra do Rio Azul, Barracão, Benjamim Constant do Sul, Cacique Doble, Campinas do Sul, Carlos Gomes, Centenário, Cruzaltense, Entre Rios do Sul, Erebango, Erval Grande, Estação, Floriano Peixoto, Gaurama, Getúlio Vargas, Ipiranga do Sul, Itatiba do Sul, Jacutinga, Machadinho, Maximiliano de Almeida, Marcelino Ramos, Mariano Moro, Paim Filho, Paulo Bento, Ponte Preta, Quatro Irmãos, São José do Ouro, São João da Urtiga, São Valentim, Severiano de Almeida, Três Arroios, Viadutos, todos no Estado do Rio Grande do Sul.

 Superativa | Orby